Água-viva de 2,5 cm mata turista britânico

Da Redação
Em São Paulo

Um turista britânico morreu por causa do veneno de uma água-viva minúscula na ilha Hamilton, um paraíso tropical no norte da Austrália, segundo as autoridades.

O Alto Comissariado britânico identificou o homem como Richard Jordan, 58, de Driffield (nordeste de Yorkshire, Inglaterra). Ele deve ser a primeira pessoa a morrer por causa da queimadura da Irukandji, uma água-viva transparente que tem o tamanho de um amendoim e cujo veneno aumenta os batimentos cardíacos e a pressão arterial. Não há antídoto conhecido.

Jordan foi "mordido" na quarta-feira. Sua mulher o levou até um hospital da ilha, mas ele entrou em coma. Foi então transferido para o hospital da Base Mackay, onde morreu na noite de quinta-feira.

Uma funcionária do hospital disse que Jordan já tinha problemas cardíacos e de pressão. A queimadura provocou uma hemorragia cerebral fatal.

Outro tipo de água-viva, o Chironex fleckeri, parente do Irukandji, matou 65 pessoas nos últimos 50 anos na Austrália. Essa é supostamente a água-viva mais letal do mundo. A Austrália tem centenas de outras espécies desse organismo.

A Irukandji nunca havia matado ninguém, mas já provocou pelo menos dois problemas graves nos últimos quatro anos. Ela tem entre 1,5 cm e 2,5 cm e quatro tentáculos de 50 cm. Aparece em todo o Pacífico e na Flórida.

Só em dezembro e janeiro, 79 pessoas foram tratadas no hospital de Cairns por causa de águas-vivas. Os pesquisadores acham que o vento provocou uma concentração excepcional delas nas praias do norte do país neste verão.

A água-viva que matou Jordan provoca a chamada Síndrome de Irukandji: primeiro a pessoa sente uma leve picada, que meia hora depois evolui para fortes cãibras, náuseas, dores de estômago e nas costas e, depois, problemas cardíacos e pulmonares.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos