Empresário processa Michael Jackson

Da Redação
Em São Paulo

O empresário de shows Marcel Avram abriu um processo contra Michael Jackson, argumentando que o astro pop está em busca de outro promotor para uma turnê mundial, a respeito de ter assinado um acordo com Avram. Ele pede indenização por perdas e danos no valor de US$ 20 milhões.

De acordo com o processo, Avram, que cuidou das turnês "Dangerous", de Jackson (1992-93) e "History" (1996-97), foi cobrado em quantia substancial em dinheiro devido por Jackson a médicos na Alemanha.

O advogado de Avram, Skip Miller, preferiu não dizer porque Jackson devia a médicos alemães e porque o cantor não pagou a conta pessoalmente. Ele disse que a soma atingia várias centenas de milhares de dólares.

Em troca das contas pagas por Avram, Jackson concordou em firmar o compromisso de que Avram promoveria sua próxima turnê. Segundo o processo, Jackson está negociando com outras partes, desconhecidas, para a promoção de seu próximo show. Jackson não respondeu a telefonemas e cartas de Avram, disse Miller, do escritório de advocacia Christensen, Miller, Fink, Jacobs, Glaser, Weil & Shapiro.

Os representantes de Jackson, na Susan Blond Inc., recusaram-se a comentar o caso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos