Falar muito e alto provoca gripe, diz pesquisador

Da Redação
Em São Paulo

Os moradores de Hong Kong têm mais chances de pegar gripe porque, além de falar muito, elevam a voz para serem ouvidos, revelou um professor universitário nesta sexta-feira.

"Quando você fala muito e alto, você está prejudicando sua garganta", disse Thomas Chan, professor do departamento de medicina e terapêutica da Universidade Chinesa de Hong Kong.

Segundo Chan, na tumultuada Hong Kong, as pessoas tendem a gritar para serem ouvidas durante qualquer bate-papo. O professor disse que as pessoas que permanecem com a boca aberta por um longo período ficam mais propensas a ter a garganta e as vias respiratórias atacadas pelo vírus da gripe. A poluição do ar e uma vida social agitada também são fatores de risco da doença.

"Se você trabalha por muitas horas, você tem maior probabilidade de passar o resto de suas horas em contato social, já que isso o ajuda a relaxar e tudo isso indica que você pode não dormir o suficiente. Esse fator reduzirá sua imunidade", afirmou Chan.

As gripes e os resfriados custam a Hong Kong US$ 4 bilhões anuais em perda de produtividade, conforme um estudo realizado pela mesma instituição.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos