James Brown nega ter paquerado sua funcionária

Da Redação
Em São Paulo

O cantor James Brown disse em depoimento que nunca encostou um dedo em sua ex-funcionária que o está processando por suposto assédio sexual e demissão sem justa causa. "Sou um homem que frequenta a igreja", disse Brown aos jurados.

A ex-funcionária, Lisa Agbalaya, 36, trabalhou por vários anos no escritório na costa oeste americana da empresa pertencente ao artista. Ela acusa Brown de lhe ter feito propostas sexuais indesejáveis e mais tarde, quando ela registrou queixa de seu comportamento, de a ter demitido sem justa causa.

"Nunca toquei a senhora Agbalaya-Ross, e ela sabe disso", depôs Brown no sexto dia de seu julgamento na Corte Superior de Los Angeles, referindo-se à ex-funcionária por seus sobrenomes de solteira e de casada. "Não toquei em ninguém, e jamais tocaria numa mulher casada."

Agbalaya está pedindo US$ 1 milhão de dólares de perdas e danos de Brown, conhecido como "o papa do soul" e célebre por sucessos como "I Feel Good" e "Papa's Got a Brand New Bag".

Ela abriu processo contra Brown em maio de 2000, alguns meses depois de perder seu emprego, alegando que o cantor pediu para fazer sexo com ela e com outras funcionárias repetidas vezes e a sujeitou a "um padrão contínuo de discriminação e assédio".

No depoimento que deu na semana passada, Agbalaya disse que as propostas sexuais mais abertas foram feitas em agosto de 1999, na residência de Brown na Carolina do Norte, onde ele a teria agarrado pelos quadris para puxá-la para perto dele. Durante a mesma visita, ela contou aos jurados, Brown lhe teria presenteado com calcinhas listradas e dito que a queria "esfregar" e "fazer você se sentir bem".

Em conversa telefônica mantida ainda naquele ano, ela depôs, Brown lhe teria dito: "A única maneira pela qual uma mulher chega ao topo é dormindo com seu chefe".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos