Padre larga TV do Vaticano para casar com jornalista grávida

Da Redação
Em São Paulo

O padre Ugo Moretto, 45, diretor da televisão do Vaticano CTV nos últimos quatro anos, anunciou nesta quarta-feira que vai abandonar o sacerdócio para se casar com uma jornalista, que está esperando um filho seu.

O religioso, responsável por várias transmissões oficiais do Vaticano, como o Jubileu do ano 2000 e as viagens papais, já havia se afastado de seu cargo na emissora quando começou um romance com uma colaboradora da televisão papal.

"Não nos casamos, mas vivemos juntos e nos casaremos assim que for possível. Ela está grávida de três meses", disse ao jornal Il Corriere della Sera.

"Tive minha primeira crise devido às dificuldades de ser ao mesmo tempo sacerdote e empresário. A essa crise se somaram meus problemas afetivos, que me obrigaram a refletir sobre minha vocação. Ao final, decidi mudar de vida", afirmou.

Segundo o código canônico, um sacerdote é ordenado para sempre, mas a ordenação pode ser suspensa.

A Igreja Católica não aceita o casamento dos sacerdotes, exceto aqueles que foram ordenados segundo o rito oriental.

O Vaticano não quis comentar a decisão de Moretto, conhecida há meses pelos amigos e colegas da televisão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos