Manifestantes protestam contra política social de Berlusconi

Da Redação
Em São Paulo

Uma grande manifestação que reuniu cerca de 150 mil pessoas, segundo os organizadores, foi realizada nesta sexta-feira nas ruas do centro de Roma em protesto contra a política social do governo de Silvio Berlusconi.

A passeata, organizada pelo movimento antiglobalização e pelos sindicatos de base, contou com os trabalhadores do transporte público, que paralisaram por quatro horas o metrô e os ônibus, provocando enormes problemas no trânsito em toda a capital.

Os trabalhadores protestam "contra as facilidades concedidas às empresas para a dispensa de empregados, contra a reforma do sistema de pensões e a privatização dos sistemas educacional e sanitário", explicou um porta-voz sindical, Piero Bernocchi.

"Nos opomos ao projeto de lei que dificulta a entrada de imigrantes e a todas as formas de guerra", anunciaram os manifestantes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos