Bush dá bola fora no Japão

Da Redação
Em São Paulo

O presidente norte-americano George W. Bush provocou pânico nesta segunda-feira no mercado cambial ao cometer mais um de seus deslizes verbais ante a imprensa. Ele disse que conversou com o primeiro-ministro japonês Junichiro Koizumi sobre uma "desvalorização" em vez de uma "deflação", segundo operadores.

"Ele falou dos créditos duvidosos (dos bancos), do problema da 'desvalorização' e das reformas. Insistiu sobre os três com a mesma importância", declarou Bush durante uma entrevista coletiva conjunta com Koizumi.

Seu comentário provocou um pânico imediato nos mercados de câmbio, que interpretou as declarações como a vontade de Washington de deixar flutuar o iene frente ao dólar.

"O dólar ficou em alta imediatamente (em relação ao iene) depois que se soube que ele havia falado em desvalorização, o que causou um certo pânico e levou as pessoas a venderem ienes'', explicou um operador da Barclays Capital.

"Mas logo nos demos conta de que, sem dúvida, ele queria dizer deflação'', esclareceu o operador.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos