Papa fez três exorcismos durante seu pontificado, diz especialista

Da Redação
Em São Paulo

O renomado exorcista Gabriele Amorth revelou nesta segunda-feira à imprensa italiana que o Papa João Paulo 2º realizou três exorcismos durante seu pontificado, um deles em setembro do ano passado. "Pelo que sei, o Papa exorcizou três pessoas durante sua gestão. O caso mais conhecido foi em 1982 (quatro anos depois de eleito), em uma jovem que se debatia no chão durante a audiência geral. Coisas nunca vista no Vaticano", afirmou o religioso ao jornal La Stampa.

Ele também disse que a última vez foi em setembro do ano passado, quando exorcizou uma mulher, logo atendida pelo exorcista. "Foi um caso gravíssimo, que no início teve que ser tratado com exorcismos uma vez por semana e, em seguida, uma vez por mês. Ao lado de um amigo, exorcizamos a jovem por cinco dias seguido."

"Com estes exorcismos, o Papa quer dar o exemplo, convidar a exorcizar os que estão possuídos pelo demônio", explicou o padre Gabriele. No último domingo, o pontífice disse que "o demônio está presente em nosso dia-a-dia" e convidou a cumprir "exercícios espirituais e a vigiar e reagir com rapidez aos ataques da tentação".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos