Universidade suspende curso sobre sexo após orgia

Da Redação
Em São Paulo

A Universidade de Berkeley (Califórnia, EUA) suspendeu um curso sobre a sexualidade masculina após uma suposta orgia ocorrida numa festa depois de uma visita a um clube de striptease, segundo informações oficiais divulgadas nesta segunda-feira.

"Esse tipo de atividade não integra o currículo aprovado do curso", disse um porta-voz da universidade, segundo o jornal Sacramento Bee.

Berkeley é conhecida por seu pensamento liberal e por seus cursos modernos. Agora, após este incidente, foi aberta uma investigação interna.

A suspensão do curso foi decidida assim que um jornal da universidade revelou detalhes de um passeio no fim do ano passado, no qual supostamente alguns estudantes tiveram relações sexuais em público e outros tiraram fotos de seus genitais num clube de striptease homossexual.

Um aluno do curso declarou ao jornal Daily Californian que a orgia aconteceu numa festa organizada por um estudante após o passeio ao clube.

"Houve uma orgia em uma das festas", disse o estudante Christy Kovacs, de acordo com o diário. "E após o clube, na festa, as pessoas tiraram fotos de seus genitais", acrescentou.

As fotos foram expostas depois num cartaz e os alunos tinham que adivinhar a quem pertenciam, informou o jornal.

"Foi apenas uma reunião divertida e que não fez mal nenhum", finalizou Kovacs em seu depoimento ao Daily Californian.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos