Prostitutas desfilam por dignidade na Espanha

Da Redação
Em São Paulo

Cerca de 70 prostitutas, segundo fontes policiais, fizeram uma manifestação na noite desta terça-feira no centro de Madri em defesa da "dignidade da profissão" e de uma "convivência pacífica" com comerciantes e vizinhos das ruas onde trabalham.

As manifestantes pediram que o Ajuntamento de Madri apóie "uma negociação pacífica" com os comerciantes e vizinhos afetados, essencialmente por meio do já constituído "Fórum da Prostituição".

Essas mulheres agem essencialmente no centro de Madri e sua presença nas ruas vem sendo relacionada por vizinhos e comerciantes ao crescimento da delinquência.

Esta foi a primeira manifestação de prostitutas ocorrida legalmente na Espanha: ela foi previamente autorizada pela Delegação do Governo que, assim, aumentou o mal-estar de vários comerciantes e cidadãos que moram na região.

As moças se manifestaram em meio a um forte esquema policial e diante de dezenas de câmeras, abrindo caminho entre vários curiosos, turistas e comerciantes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos