Bósnio só descobre que guerra acabou seis anos depois

Da Redação
Em São Paulo




O bósnio lija Panincic (foto), que havia fugido para uma casa nas remotas colinas da região de Sipovo durante a guerra dos Bálcãs, só ficou sabendo que o conflito havia terminado seis anos depois, em 19 de fevereiro de 2002.

Panincic foi primeiro descoberto por andarilhos. Depois, recebeu a visita de soldados britânicos, que descobriram que, após tantos anos sem contato com seres humanos, ele havia perdido a maior parte de sua capacidade de se comunicar (seu único vizinho era um urso marrom).

Agora, graças ao inverno rigoroso, os soldados vão ter de levar cerca de 15 kg de suprimentos para o eremita.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos