EUA negam fiança a dono de crematório acusado de enterrar corpos

Da Redação
Em São Paulo

Um juiz do Estado da Georgia rejeitou nesta segunda-feira o pedido de fiança a Ray Brent Marsh, dono de um crematório, acusado de cobrar pelo serviço e de ter jogado mais de 300 corpos em seu terreno, informaram autoridades judiciais.

Segundo um assessor do chefe dos magistrados, a fiança foi negada para 102 novas acusações de roubo de cadáveres que deveriam ter sido cremados no Tri-State Crematory, em Noble.

Marsh está preso. Autoridades começaram a drenar o lago em sua propriedade de 6,5 hectares em busca de mais corpos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos