Candidata a deputada fica pelada na TV

Da Redação
Em São Paulo

Uma candidata à eleição parlamentar da Ucrânia de 31 de março se despiu nesta quinta-feira em frente às câmaras de televisão durante um programa ao vivo.

Elena Solod, mãe de família de 28 anos, retirou lentamente seu vestido vermelho, quase transparente, e posou para a televisão apenas com uma calcinha vermelha e um chapéu preto.

"Sou o reflexo da vida real. Não sou hipócrita. Sou natural, tento relaxar e gozar", disse a candidata independente, prometendo aos seus eleitores lutar para legalizar a maconha e a prostituição na Ucrânia.

A comissão eleitoral local avaliou que o strip da senhora Solod não tinha nada de condenável, porque a lei eleitoral ucraniana não proíbe a publicidade erótica.

Solod chamou a atenção da mídia em novembro de 2001, ao tentar mudar, sem êxito, seu nome e sobreme para Osama bin Laden, já que para ela Osama é "um profeta e não um terrorista".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos