Funcionários públicos londrinos são 'subornados' com títulos pomposos

Da Redação
Em São Paulo

Funcionários britânicos andam recebendo títulos cada vez mais pomposos para seus cargos, ao invés de aumento de salários, à medida que as empresas tentam mantê-los felizes em tempos de vacas magras, disse uma pesquisa publicada nesta quinta-feira.

Exemplos da tendência incluem uma recepcionista sendo rebatizada de "chefe das telecomunicações verbais" e um limpador de janela virando "aprimorador de iluminação óptica".

"Pesquisas mostram quão motivador pode ser ganhar um título de prestígio no trabalho", disse Paul Rapacioli, diretor da agência de empregos Reed's Internet, que conduziu a pesquisa.

Ele afirmou que empresas usam títulos pomposos como um incentivo para manter seus funcionários, no lugar de pagá-los salários maiores.

Cargos rebatizados parecem ter conseguido adeptos. Dos 1.700 funcionários entrevistados pela Reed, quase metade achava que um título melhor os faria mais felizes, mesmo que não houvesse mudança nas obrigações do cargo.

"As pessoas vêem um título pomposo como um reconhecimento de sua contribuição para a organização e, em consequência disso, se sentem mais comprometidas", explicou Rapacioli.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos