'Pensamento negativo' estimula percepção da dor

Da Redação
Em São Paulo

Se alguém chega ao consultório do dentista sentindo raiva, medo ou tristeza, é bom esperar um pouco até se acalmar. Assim, as brocas e os outros instrumentos, além das picadas, parecerão doer menos, segundo um pesquisador canadense que estudou como as emoções modulam a dor.

"Na nossa experiência, as emoções negativas afetaram mais a percepção de dor que as positivas", disse Quoc Viet Huynh Bao, estudante de odontologia da Universidade de Montreal. Ele apresentará as conclusões da pesquisa, amnhã, em San Diego, durante o encontro anual da Associação Internacional de Pesquisa Odontológica.

No estudo, Huynh Bao pediu a 26 homens e mulheres, com idade entre 20 e 30 anos, que mergulhassem a mão na água quente, a uma temperatura que variou de 45°C a 50°C. A temperatura foi ajustada individualmente para que cada pessoa pudesse suportar a água por um minuto sem sentir muita dor, disse o pesquisador.

Numa outra etapa, os cientistas usaram sugestão hipnótica, durante cada imersão de um minuto, para induzir várias emoções: relaxamento, depressão, raiva, medo, antecipação de alívio e satisfação. À medida que a mão era imersa, os pesquisadores induziam emoções com declarações tipo "você está com raiva" ou "você quer escapar, mas não consegue".

Depois, os voluntários informaram o nível de dor e de desconforto que sentiram.

Os participantes disseram que a dor foi mais incômoda quanto sentiram medo, depressão ou raiva, afirmou Huynh Bao. "Com emoções positivas, houve uma redução na dor, mas não foi significativa", afirmou Huynh Bao.

O pesquisador comentou que estudos anteriores haviam verificado o oposto, isto é, que o medo e a raiva, como os experimentados por soldados na guerra, reduziam a dor. No trabalho atual, as emoções negativas aumentaram a sensação de dor. "Estados emocionais negativos fizeram a dor parecer pior", disse Huynh Bao.

Quanto mais suscetíveis à hipnose eram as pessoas, mais fortes as emoções sentidas e maior a influência das emoções sobre a percepção de dor, afirmou o pesquisador.

Na opinião de Huynh Bao, a mensagem para os dentistas é tentar ajudar os pacientes a atingir um estado emocional, no mínimo, neutro, antes de começar o tratamento. As pessoas que chegam ao consultório com sentimentos negativos, deveriam ter algum tempo para relaxar, ouvir uma piada ou tomar outras medidas para eliminar as emoções negativas, disse o pesquisador.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos