Homem que não gostava de TV de tela larga faz 18 reféns e se mata

Da Redação
Em São Paulo

Um homem que se dizia indignado com o que ele chamava de "a manipulação por vendedores de aparelhos de TV 'wide screen' (tela larga)" manteve 18 reféns nesta segunda-feira em um prédio em Amsterdã por horas antes de se matar.




Oito pessoas que estavam sendo mantidas como reféns no prédio de escritórios mais alto da capital holandesa, o Rembrandt Tower, foram liberadas no início da tarde pelo homem, de 59 anos. As outras dez saíram do prédio ilesas depois que ele se matou com um tiro em um banheiro no andar térreo do edifício de 35 andares.

Cerca de 240 pessoas que estavam no local desde o início do sequestro, sete horas antes, também conseguiram deixar o prédio.

Em um fax enviado à mídia holandesa, o homem dizia estar resistindo à "manipulação arrogante por vendedores de aparelhos de TV 'wide screen'" que eram culpados de "nonsense criativo".

O fax, com trechos de cartas que ele já enviara a jornais e grupos de defesa do consumidor, listava problemas dos aparelhos de TV 'wide screen' e dizia que não eram melhores que aparelhos comuns.

O homem entrou no prédio às 9h30 (5h30 em Brasília) portanto duas armas e uma bomba caseira e fez 18 reféns.

"Ele não fez nenhuma exigência, só queria chamar atenção para seus problemas com sua TV 'wide screen'. Havia problemas psicológicos envolvidos", disse a Promotoria em uma declaração.

Ele colou mensagens em janelas do prédio, que tem escritórios de 56 firmas e era a sede da Phillips até julho, dizendo "Nós enganamos" e "Kleisterlee mente", entre outras. Gerard Kleisterlee é presidente do conselho da Phillips.

No edifício se encontram algumas das principais instituições financeiras do mundo, como Lehman Brothers, Merrill Lynch e o banco ING.

O homem, cuja identidade não foi comunicada, deu dois tiros na cabeça, ao final do sequestro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos