Príncipe Charles critica a imprensa britânica

Da Redação
Em São Paulo

O príncipe Charles da Inglaterra aproveitou nesta segunda-feira a cerimônia comemorativa pela fundação do primeiro jornal britânico há três séculos para criticar a imprensa. Na presença de vários chefes de redações e diretores de jornais, Charles disse que os jornais são parcialmente responsáveis pela cultura de protesto que reina, na sua opinião, na Grã-Bretanha.

"A imprensa inglesa tem sido torpe, arisca, cínica e as vezes indiscreta, as vezes imprecisa, as vezes injusta e daninha com algumas pessoas e ou instituições", disse Charles.

Mas, ao mesmo tempo, Charles reconheceu, que na maioria dos casos, a imprensa pretende informar, revelar injustiças e divertir os leitores. Ele manifestou sua surpresa e gratidão pelos jornais terem preservado a vida privada de seus filhos Henry e William, envolvidos com casos de alcoolismo e uso de drogas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos