Mãe que afogou os 5 filhos é declarada culpada e pode ser executada

Da Redação
Em São Paulo



Um júri do Texas declarou Andrea Yates culpada pelo assassinato de seus cinco filhos. O veredicto, dado nesta terça-feira, diz que Yates, 37, agora enfrentará uma nova fase do julgamento na qual os jurados decidirão se ela receberá a sentença de morte com injeção letal, ou será mandada para a prisão perpétua. Promotores querem a pena de morte.

A ex-enfermeira confessou ter afogado seus filhos, que tinham idades entre 6 meses e 7 anos, na banheira de sua casa em Houston, no dia 20 de junho de 2001, mas disse que só fez isso para protegê-los de Satã.

Ela sofreu problemas mentais nos últimos dois anos antes dos assassinatos, tentou o suicídio e foi internada quatro vezes, afirmaram especialistas.

Até agora ela foi indiciada pelas mortes de três de seus filhos, o que significa que o Estado pode acrescentar mais acusações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos