Homem é chamado para entrevista de emprego 34 anos depois

Da Redação
Em São Paulo

Um homem da cidade de Calcutá, na região leste da Índia, foi chamado para ser entrevistado para um emprego 34 anos depois de ter se candidatado a um cargo no governo local. Mas o homem disse nesta quarta-feira que está muito velho para a vaga.

Ravindra Nath Halder, 52, era um adolescente quando se candidatou para trabalhar em uma casa de câmbio no Estado de Bengala Oeste. Ele disse que se surpreendeu ao receber a carta datada de 6 de março que lhe convocava para a entrevista.

"Tinha perdido as esperanças. Candidatei-me em 1968. Agora tenho 52 anos e estou muito velho para trabalhar no governo", afirmou ele, que se tornou dono de uma lanchonete.

De acordo com a legislação local, qualquer pessoa com mais de 37 anos não pode ser contratada para um cargo público ou para organizações ligadas ao governo.

A família de Halder não perdeu a esperança. O filho dele também se candidatou ao cargo há quatro anos, mas ainda não foi chamado. "Espero que ele tenha mais sorte que eu", afirmou.

O ministro do Trabalho, Mohammad Amim, disse que geralmente demora bastante para uma pessoa ser convocada para a entrevista. "Temos 77 casas de câmbio estatais (em Bengala Oeste) e mais de 5,5 milhões de pessoas estão registradas. Apenas 16 mil ou 17 mil delas conseguem um emprego a cada ano", explicou o ministro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos