Jogadores do Roma e do Galatasaray partem para a briga depois do jogo

Da Redação
Em São Paulo

Jogadores de Roma e Galatasaray protagonizaram uma autêntica batalha campal ao fim do jogo no qual as duas equipes empataram em 1 a 1, nesta quarta-feira, pelo grupo B da Copa dos Campeões da Europa. A partida foi disputada no estádio Olímpico, na capital italiana.




Logo após o apito final, começou o empurra-empurra, que envolveu atletas de ambos os times e a comissão técnica do Galatasaray, que escolheram o brasileiro Lima, volante da equipe italiana, como principal alvo das agressões físicas e verbais.

A polícia precisou intervir na confusão, que demorou a ser contida, já que a briga continuou até todos os jogadores entrarem no vestiário.

O argentino Batistuta, da Roma, foi um dos mais exaltados. Fora da convocação da seleção argentina para o amistoso contra Camarões, o atacante disse que "cometeu um erro ao defender-se diante das câmaras de TV". Batistuta também lamentou pelas cenas, que, segundo ele, "não são nada bonitas de serem vistas".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos