Juiz distraído dá 5 cartões para o mesmo jogador numa só partida

Da Redação
Em São Paulo

O árbitro Edmílson Timoteo da Silva conseguiu um feito digno do livro dos recordes. Em uma mesma partida, ele deu cinco cartões para um único jogador, sendo três amarelos e dois vermelhos.

A partida foi disputada na semana passada, entre River e Oeiras, pelo Campeonato Piauiense.

Segundo o presidente da comissão de arbitragem da CBF, Edson Rezende, representantes da Federação de Futebol do Piauí contaram que o jogador Paulo Araujo, do Oeiras, cometeu uma falta e recebeu um cartão amarelo.

Logo depois, ele cometeu outra infração e recebeu outro cartão amarelo. Como era o segundo, ele recebeu o vermelho, sendo expulso do jogo.

Mas o jogador não saiu de campo e sua presença só foi percebida quando ele cometeu uma nova falta violenta. Ao puxar o cartão amarelo, o árbitro percebeu que o atleta já estava expulso. Ele, então, deu novo cartão vermelho ao jogador.

"O juiz alega que não conseguiu observar que o jogador ainda estava em campo e disse que muitos jogadores da equipe eram fisicamente parecidos", disse Rezende.

"Eu considero um erro grave, pois houve omissão do árbitro, dos assistentes e do quarto árbitro", completou o presidente da comissão de arbitragem da CBF.

Edson Rezende foi árbitro de 1975 a 1991 e disse nunca ter visto algo parecido. "Nunca vi nada igual, também nunca nem ouvi falar numa história dessas. O que me disseram foi que esse jogador, quando saiu de campo, perguntou aos jornalistas se iria entrar no Guiness Book", brincou.

O árbitro está suspenso preventivamente pela Federação de Futebol da Piauí e pela CBF.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos