STF nega relaxamento da prisão de Gloria Trevi


Da Redação
Em São Paulo

A cantora mexicana Glória Trevi (foto) teve negado nesta segunda-feira no Plenário do STF (Supremo Tribunal) Federal um recurso de agravo regimental no habeas-corpus no qual a cantora requeria relaxamento de
sua prisão extradicional. Na ação, ajuizada em 20 de novembro do ano passado, eram também requerentes no processo o empresário Sérgio Andrade e a assistente de palco Maria Raquenel Portillo.

O relator do agravo, ministro Maurício Corrêa, argumentou que a questão do relaxamento de prisão já havia sido amplamente debatida pelo Plenário do STF na decisão de uma questão de ordem no pedido de extradição da cantora. Segundo o ministro, o habeas-corpus não é o meio processual apropriado à discussão de temas do processo de extradição. Os demais ministros seguiram seu voto, e a decisão foi unânime.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos