Rei é decapitado, e 25 súditos são queimados em Gana

Da Redação
Em São Paulo

O rei ganense dos dagombas, um grupo étnico influente em Gana, foi decapitado nesta quarta-feira em seu palácio, e 25 partidários foram queimados vivos por um clã rival, informaram fontes policiais.

De acordo com estas informações, Ya-Na Yakubu Andani, rei dos Dagumbas, foi atacado em Yendi, a 531 km ao norte de Accra.

Os atacantes, com número não precisado, seriam membros do clã Abudu, que compartilha o poder com a etnia dagumba, em alternância com a família Andani do rei assassinado.

Os dagombas representam 8% da população de Ghana.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos