Odete Roitman vira Lucrécia nos EUA

Da Redação
Em São Paulo

A partir de 17 de junho, será a vez dos americanos se perguntarem "Quem matou Odete Roitman?", experimentando o suspense que mobilizou o Brasil na época da exibição da novela "Vale Tudo", da Rede Globo, em 1988.

A trama de Gilberto Braga, Agnaldo Silva e Leonor Besseres começará a ser regravada na segunda semana de abril, anunciou a Divisão Internacional da emissora. Isso porque a atração está sendo reproduzida especialmente para atingir os países latinos e a colônia hispânica nos Estados Unidos.

Algumas adaptações estão sendo feitas pelo escritor Yves Dumont. A principal delas será a troca do nome da maléfica protagonista que, em vez de Odete, vai se chamar Lucrécia.

A cidade do Rio de Janeiro será mantida como ambientação da trama, já que pesquisas revelaram que a capital carioca tem maior aceitação no exterior.

A produção contará com 28 atores de oito países diferentes aprovados em diversos testes realizados para a formação do elenco. Nenhum brasileiro foi escalado para que não houvesse confusão com a novela original, que já tinha sido exibida fora do país.

Exceção única será Antônio Fagundes, que interpretou o personagem Ivan. Ele fará uma participação especial no primeiro capítulo como pai de Maria de Fátima, papel originalmente de Glória Pires. No remake, a vilã será vivida pela mexicana Ana Claudia Talacón.

A versão hispânica, que será dirigida pelo brasileiro Ari Coslov, contará apenas com 170 capítulos.

O primeiro país a conferir o resultado final será os Estados Unidos, através do canal Telemundo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos