Revista erótica para mulheres quer tirar roupa dos ex-funcionários da Enron

Da Redação
Em São Paulo

Depois que a revista erótica Playboy convidou as ex-funcionárias da empresa americana Enron, gigante da área energética que faliu recentemente, a tirar a roupa, agora é a hora do troco feminino. A revista Playgirl decidiu oferecer suas páginas aos homens da companhia.

"A fim de oferecer aos homens da Enron igualdade de oportunidades, a revista Playgirl procura os homens mais sensuais da gigante energética falida", diz comunicado da publicação divulgado nesta segunda-feira.

Os candidatos são convidados a apresentar um comprovante que trabalhavam na empresa e uma foto, com ou sem roupa.

"Os homens da Enron sofreram tanto como as mulheres e, por isso, também merecem sua parte", explicou uma porta-voz da revista, Anna Briggs.

Cerca de 4.500 empregados da sede do grupo Enron, com base em Houston (Texas, EUA), foram demitidos após uma declaração de falência da empresa, uma das mais espetaculares da história econômica dos Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos