Padre é preso em Nova York sob acusação de abuso sexual

Da Redação
Em São Paulo

Um padre de Nova York foi acusado de envolvimento em um suposto abuso sexual de um garoto de Massachusetts durante sete anos, de 1973 a 1980, no caso mais recente de acusações de pedofilia que estão abalando a Igreja Católica.

O padre foi preso na segunda-feira, de acordo com promotores do condado de Middlesex, em Massachusetts.

Ferraro apareceu diante do juiz do Tribunal Superior Dennis Butler, da divisão do Queens da cidade de Nova York. Ele está preso sem direito a fiança.

Segundo os promotores, "Ferraro violentou e assediou sexualmente a vítima, que tinha entre 7 e 13 anos quando ocorreram as violações".

Ferraro atuava na diocese do Brooklyn, que inclui o Queens. Ele foi suspenso de suas obrigações há pelo menos 12 anos, por causa de outra acusação de má conduta sexual em 1988, disse Frank DeRosa, porta-voz da diocese.

Leia também:

  • Pedofilia leva bispo irlandês à renúncia
  • Arcebispo polonês acusado de assédio sexual entrega cargo

  • Receba notícias do UOL. É grátis!

    Facebook Messenger

    As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

    Começar agora

    Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

    UOL Cursos Online

    Todos os cursos