Padre acusado de abuso sexual aparece morto nos EUA

Da Redação
Em São Paulo

Um padre de Ohio acusado de ter abusado sexualmente de meninas durante mais de 20 anos foi encontrado morto, anunciou nesta sexta-feira a diocese de Cleveland. Aparentemente, ele cometeu suicídio.

O porta-voz Robert Tayek disse que o corpo de Don Rooney, 48, da paróquia de Santo Antônio de Pádua, em Parma [subúrbio de Cleveland], foi encontrado na quinta-feira com um tiro na cabeça, no seu carro, perto de Hinckley, Ohio.

A polícia disse que encontrou um bilhete dele, cujo conteúdo não foi revelado. Rooney havia faltado na quarta-feira (3) a um interrogatório sobre o caso. A diocese de Cleveland emitiu uma nota em que pede "misericórdia de Deus ao padre Don e a todos nós".

Tayek disse que as acusações contra Rooney não haviam sido completamente investigadas ou provadas. Recentemente, uma mulher entrou em contato com a igreja dizendo que tinha sofrido abuso sexual de Rooney, então recém-ordenado, quando ela era adolescente, no começo da década de 1980.

Sacedortes da Igreja Católica dos EUA atualmente estão envolvidos em várias acusações de abuso sexual.

Leia também:

  • Padre é preso em Nova York por suspeita de abuso sexual

  • Receba notícias do UOL. É grátis!

    Facebook Messenger

    As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

    Começar agora

    Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

    UOL Cursos Online

    Todos os cursos