Stripper acusa Mike Tyson de agressão

Da Redação
Em São Paulo

Uma dançarina de uma boate de strip-tease da cidade norte-americana de Phoenix (Arizona) e um homem acusaram o ex-campeão mundial dos pesos pesados Mike Tyson por uma suposta agressão realizada na manhã do último domingo.

De acordo com Darrow Soll, advogado de Tyson, o lutador esteve na boate, mas deixou o local sem problemas. O advogado afirmou que a acusação é "sem fundamento" e que "vários testemunhas interrogadas pela polícia confirmaram que Mike Tyson não fez nada de mal".

A polícia, que abriu uma investigação, indicou que os primeiros depoimentos apresentam versões diferentes dos fatos.

Tyson, que esteve na prisão por três anos ao ser condenado por estupro em 1992, deve retornar aos treinos na próxima semana para enfrentar o britânico Lennox Lewis, atual campeão do Conselho Mundial de Boxe (CMB) e da Federação Internacional de Boxe (FIB), no dia 8 de junho em Memphis (Tennessee).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos