Alfândega russa confisca suposto violino Stradivarius

Da Redação
Em São Paulo

A alfândega de Pskov, na Rússia, confiscou um violino assinado por Antonio Stradivarius, produzido em 1727. A informação é da agência de notícias russa Novosti.

A porta-voz Elena Ukussova contou que no dia 3, no posto aduaneiro Skangali, um dos passageiros de nacionalidade lituana, na rota de São Petersburgo-Riga, apresentou aos agentes um violino com inscrições em latim. Dizia que o instrumento fora produzido por Antonio Stradivarius, em 1727.

Já que o passageiro não apresentou qualquer autorização oficial, o instrumento foi confiscado e será submetido à perícia, em São Petersburgo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos