Viagra e filmes pornô falham na tentativa de excitar pandas

Da Redação
Em São Paulo

Era uma vez uma espécie panda em extinção. O problema era que os machos não, digamos, chamavam a responsabilidade. O que os cientistas chineses fizeram? Resolveram estimular os ursos em questão para "entrarem em ação".

Primeiro foi com a boa e velha "arte erótica". Os cientistas exibiram vídeos de casais (de panda, obviamente) mandando bala, mas nem isso mexeu com o íntimo dos pandas locais.

Foi preciso escolher outra tática. Afinal, não há tempo a perder: as pandas só ficam no cio três dias do ano. Escolheram um macho de 16 anos chamado Zhuang Zhuang e lhe aplicaram uma caprichada dose do bom e velho Viagra. Apesar do nome do urso em questão (que significa "forte forte"), não deu certo.

Inseminação articifial é uma possibilidade, mas apenas em última hipótese. Afinal, os cientistas chineses, diferente dos pandas machos, não desistem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos