Cineasta acusa astronauta de não ter pisado na lua e toma um murro

Da Redação
Em São Paulo

Responda rápido:
a) Você acredita que o homem pisou na Lua?
b) Ou acha que é tudo invenção do governo norte-americano para se afirmar "superior" à União Soviética?

O cineasta Bart Sibrel repondeu com a alternativa "b", e não parou por aí. Quer provar a todo mundo que houve uma fraude gigantesca.

Nesta terça, Sibrel surpreendeu na rua o ex-astronauta Edwin "Buzz" Aldrin, da Apollo 11, e quis entrevistá-lo. Não deu muito certo.

"Aproximei-me dele e pedi que ele jurasse sobre uma Bíblia que tinha ido à Lua, e disse a ele que era um ladrão por aceitar dinheiro para dar uma entrevista por uma coisa que não tinha feito", contou Sibrel à agência de notícias Reuters.

A resposta de Buzz, segundo o diretor, foi uma porrada em seu queixo, seguida de fuga. Sibrel diz que gravou a imagem e pretende utilizá-la em seu próximo filme.

Em seu primeiro filme, "A Funny Thing Happened on the Way to the Moon" (algo como "uma coisa esquisita aconteceu a caminho da Lua"), o diretor argumenta que a nave espacial nunca saiu da órbita da Terra e que ninguém jamais caminhou na Lua.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos