Uma dica para escrever bem sobre sexo: fazer sexo bem

Da Redação
Em São Paulo

Não sei se você gosta de escrever (de fazer sexo suponho que sim), mas aqui vai uma dica para produzir bons textos sobre o mais interessante dos assuntos: os bons amantes são os que melhor escrevem sobre sexo. Quem diz isso não sou eu, mas o romancista israelense Amós Oz, cujos livros incluem doses fartas de paixão.

"Não existe diferença entre escrever sobre sexo e fazer sexo", disse Oz à agência de notícias Reuters na Feira do Livro de Frankfurt. "Se você é vulgar, desajeitado ou totalmente previsível nas duas coisas, é ruim. Se você consegue ser original, sensível e criativo, provavelmente será um bom amante e também saberá escrever bem sobre fazer amor."

"Não existe diferença entre escrever sobre sexo e escrever sobre o pôr-do-sol", disse ele. "Se for clichê, é ruim. Se for inventivo, leve e refrescante, é bom."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos