Ativistas salvam galinhas alemãs da morte durante a peça "O Massacre de Duas Galinhas"

Da Redação
Em São Paulo

A apresentação da peça "O Massacre de Duas Galinhas", em Wuerzburg (sul da Alemanha), não terminou da maneira que os organizadores previam.

Como é possível deduzir a partir do título, o espetáculo terminaria com a morte de duas pobras galinhas. Ativistas dos direitos dos animais agiram antes que alguém tocasse em uma pena dos pobres animais, salvando as aves da "execução".

"Era nosso dever resgatar as galinhas e garantir o bem-estar delas", disse uma porta-voz do abrigo de animais.

O diretor de teatro, Wolfgang Schulz, defendeu sua produção, dizendo que foi feita como uma crítica à fome no Terceiro Mundo. "No fundo, é sobre a tensão", disse Schulz.

A peça exige que duas galinhas sejam mortas a cada espetáculo - um total de 48 para a temporada teatral.

Fonte: Reuters

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos