Corretor britânico é preso por roubar de conta de celebridades

Stephen Troth, 42, era um corretor de sucesso do Principado de Mônaco. Entre as celebridades que confiavam suas carteiras de investimento a Troth figurava até o piloto Michael Schumacher.

Movimentando toda aquela dinheirama, o homem foi seduzido pela vida high society de seus clientes e começou a retirar dinheiro de contas de 20 celebridades.

Segundo promotores, Troth usou os recursos para comprar duas casas e pagou um arquiteto para reformar uma das propriedades com fundos tirados diretamente da conta do próprio arquiteto.

Troth contou ao tribunal em outubro que ele havia entrado em crise depois de seu divórcio em 1999 e que agora reconhecia seus erros. Ele foi levado a julgamento após funcionários terem descoberto o desvio.

Um tribunal de Mônaco sentenciou na terça-feira um banqueiro britânico a 4 anos e meio de prisão por desviar 20 milhões de dólares da conta de celebridades, que, aliás, jamais sentiram a falta do dinheiro. Uma auditoria interna do HSBC Republic em maio de 2001 revelou que Troth fez quase 150 retiradas.

As informações são da Reuters

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos