Princesa britânica é condenada por causa de mordida de cadela

No Reino Unido, a lei é para todos. A princesa Anne tornou-se o primeiro membro da família real moderna a ter ficha criminal. A cadela da princesa, da raça bull terrier, mordeu duas crianças em um parque em torno do Castelo de Windsor.

Anne Elizabeth Alice Laurence se disse culpada por perder o controle de sua cadela, que acabou atacando as crianças. O julgamento, realizado em pequena corte suburbana, demorou uma hora e a princesa foi condenada a pagar multa de 500 libras (cerca de R$ 2.765), além de 250 libras (cerca de R$ 1.400) de compensação para os meninos e os custos legais de 148 libras (aproximadamente R$ 820). A cadela terá que passar por um treinamento.

A sentença não agradou os súditos vitimados, no caso, os pais dos meninos feridos. Segundo eles, a decisão não foi "moral ou justa", e seus filhos ainda têm pesadelos com o incidente e agora têm medo de todos cães. "Se o cachorro tivesse sido sacrificado, teria sido um reconhecimento disso. Teria ajudado nossos filhos psicologicamente", disseram em declaração.


As informações são do jornal "The New York Times"

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos