Crianças vivem trancadas em quarto com baratas e ratos por 4 anos

Duas crianças de 5 e 6 anos de idade viviam há quatro anos entre ratos e baratas trancadas em um quarto escuro no bairro da Terra Firme, na periferia de Belém (PA).

Os dois foram abandonados pelos pais há cinco anos e viviam com o avô, o aposentado Francisco Rodrigues da Silva, 78, e com um tio, Daniel Lira da Silva, 27.

O caso foi denunciado ao Conselho Tutelar por meio de um abaixo-assinado com cerca de cem assinaturas feito pelos vizinhos.

A menina A.L., 6, e o menino A.L.S., 5, sequer tinham registros de nascimento e nunca estudaram. As crianças também eram proibidas de brincar.

Em umas das poucas vezes que concordou em falar, a menina disse aos conselheiros que nunca teve brinquedos e que tinha "vontade de estudar".

O Conselho Tutelar de Belém (PA) e a Polícia Militar libertaram nesta terça-feira as duas crianças. "A situação que os encontramos foi degradante. Eles [irmãos] estavam no meio de comida podre, sem lençol, e os colchões onde dormiam estavam sujos e furados. O lugar estava cheio de ratos e de baratas e cheirava mal", disse um dos conselheiros.



As informações são da Folha Online

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos