Polícia australiana apreende camiseta com Bin Laden e George Bush em ato sexual

Nada como o bom humor. A polícia australiana confiscou nesta segunda-feira uma camiseta na qual apareciam em ato sexual o presidente dos EUA, George W. Bush, e o líder da Al Qaeda, Osama bin Laden.

A camiseta estava sendo vendida em uma loja de Queensland, leste do país, e foi apreendida depois que um cidadão se sentiu ofendido com o produto e chamou a polícia. A estampa feriria uma lei australiana sobre obscenidade, de 1931.

"Recebemos a informação de que havia apenas uma (camiseta). Ouvimos dizer que ela foi fabricada em Bali (Indonésia), mas não temos certeza absoluta", declarou a porta-voz.

Não foram dados mais detalhes sobre o ato sexual representado na estampa, embora não seja muito difícil imaginar uma hipótese ou duas.

Camisetas com a imagem de Bin Laden, algumas cômicas e outras desafiadoras, apareceram em vários pontos da Ásia depois dos ataques de 11 de setembro do ano passado contra Nova York e Washington. Os EUA atribuem a agressão à rede Al Qaeda.

Poucas dessas camisetas apareceram na Austrália, país que apóia a "guerra contra o terror" de Bush.



As informações são da Reuters

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos