Padre diz em missa que Papai Noel morreria queimado se viajasse à velocidade da luz e traumatiza crianças

Da Redação
Em São Paulo

No meio de uma missa, o padre britânico Lee Rayfield afirmou que o Papai Noel e suas 12 renas morreriam queimados se viajassem a 3.000 vezes a velocidade da luz durante a entrega de presentes em 91,8 milhões de casas. Mais: Rayfield apontou que era logicamente impossível para um único homem e seu trenó entregar 378 milhões de presentes em apenas 31 horas.

Conseqüências: as crianças saíram traumatizadas da missa. Os pais, é claro, ficaram horrorizados.

"Há muitas crianças que ainda acreditam em Papai Noel, ou pelo menos acreditavam até a última noite", disse Sue Smee, que assistiu à missa com seus filhos de 5 e 9 anos, segundo o tablóide "Daily Mirror". "Ele (Rayfield) nos deixou com um monte de explicações para dar aos nossos filhos."

Em uma entrevista ao jornal "Daily Telegraph", Rayfield mostrou-se arrependido. "Eu sinto muito ter deixado alguns pais em uma posição tão difícil, com muitas explicações a fazer", disse. "Eu amo o Natal." Sim. Ele e o Grinch, personagem do livro "Como o Grinch Roubou o Natal" ("How the Grinch Stole Christmas"), de Theodor Geisel.

Fonte: Reuters

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos