TV italiana barra participação de Monica Lewinsky em programa de rede estatal

Da Redação
Em São Paulo

Lembra da Monica Lewinsky? Sim, aquela que foi estagiária do Bill Clinton e guardou um vestido manchado por mais de um ano sem levá-lo...

Então, é ela mesma. Dona Monica estava em Roma neste fim de semana, toda bela e formosa, esperando para ser a principal atração do "Domenica In", um programa de auditório que toma cinco horas das tardes de domingo da emissora estatal RAI.

O fato é que o tal programa não rolou. Alguns políticos italianos ficaram "ofendidos" com o fato de que a emissora RAI pretendia pagar as despesas de Lewinsky com dinheiro do contribuinte para a entrevista de domingo.

O principal jornal de Roma, o "La Repubblica", dedicou duas páginas ao debate. "O Corriere della Sera", de Milão, publicou quatro artigos. O presidente da RAI, Antonio Baldassarre, expressou preocupação e os executivos da emissora acabaram cortando Lewinsky do programa no sábado. A iniciativa foi elogiada pelo ministro das Comunicações, Maurizio Gasparri.

E tudo porque ela guardou aquele vestido e provou que o presidente estava mentindo.

Fonte: Reuters

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos