Presidente do Maláui desmente que seu governo participe de uma conspiração com vampiros

Da Redação
Em São Paulo

Daria um belo enredo para um filme de terror, daqueles "trash". O presidente do Maláui desmentiu oficialmente que seu governo estivesse participando de uma conspiração com vampiros (sim, vampiros). Segundo o boato que circulou pelo país africano, funcionaria assim: o presidente estaria enviando sangue humano para certas agências internacionais e receberia, em troca, comida.

(Pausa para um parêntese: você não sabe nada sobre Maláui. OK, vamos lá: fica na África, meio esprimido entre Tanzânia, Zâmbia e Moçambique. A capital é Lilongwe e a moeda, kwacha. A seleção malauiana disputou nove partidas nas eliminatórias para a Copa do Mundo-2002, e venceu apenas uma: 2 a 0 sobre Quênia.)

Voltando ao caso dos vampiros: Bakili Muluzi, o presidente, acusou, sem citar nomes, políticos oposicionistas de serem os responsáveis por espalhar as histórias vampirescas, e o objetivo deles seria enfraquecer o seu governo.

A paranóia em torno dos vampiros tem causado vários ataques contra pessoas supostamente suspeitas de serem sugadoras de sangue.

Na semana passada, por exemplo, um homem acusado de ajudar vampiros foi apedrejado até a morte e três padres católicos foram espancados.

Muluzi afirma que os boatos estão afetando também a atividade econômica em quatro distritos do sul, pois os agricultores não saem de casa.

As histórias sobre vampiros estão circulando há três semanas em Mulanje, Thyolo, Chiradzulu e Blantyre. Muluzi advertiu que qualquer político oposicionista que for visto espalhando rumores será punido.

O editor do UOL Tablóide não acredita em vampiros e não assiste a novelas da Globo, mas recomenda a excelente HQ "Gótico Americano", estrelada pelo Monstro do Pântano e escrita por Alan Moore.

Fonte: Reuters

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos