Sul-africanos atacam homens acusados de fazer feitiçaria para queimar cabanas

Da Redação
Em São Paulo

O vilarejo Bokna Farm, na província de Limpopo (África do Sul), teve três de suas casas atingidas por raios. O prejuízo foi grande e os moradores resolveram tomar uma atitude. Identificaram os dois feiticeiros que seriam os "responsáveis" pelos raios e decidiram dar uma coça neles.

Um dos "bruxos" seria um senhor de 76 anos, que teve suas cinco cabanas queimadas pela turba. Na véspera, um homem no vilarejo de Dithabaneng foi ameaçado com o mesmo "castigo" e escapou com vida, segundo o porta-voz.

Fonte: Reuters

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos