Michael Jackson confessa: já dormi com crianças

O pop-star Michael Jakson afirmou em frente às câmeras de gravação de um documentário britânico que já dormiu com crianças e não vê nada demais nisso. No entanto, segundo o cantor, tudo não passa de um ato de carinho inocente.

O entrevistador do documentário "Living with Michael Jackson" (Vivendo com Michael Jackson), que foi exibido na última terça na TV britânica, fez perguntas sobre a acusação de abuso sexual em 1993, feita pelos pais do menino Gavin, de 12 anos, contra Michael. O artista se sente protegido para falar do assunto pelo fato de que nada foi provado contra ele até hoje. Depois da polícia ser chamada, o caso foi abafado com um acordo multimilionário que pôs fim às investigações e reduziu o escândalo.

Na época, o pop star já tinha declarado que Gavin costumava dormir em sua propriedade "Neverland Valley", uma amizade que, em sua opinião, teria ajudado a curar seu câncer. Apesar de ter feito questão de dizer que quando o menino ia para seu quarto, ele - Michael - dormia no chão, o cantor deixou claro acreditar que não vê nada de mal em dividir a cama com crianças. Segundo Michael Jackson, são elas que pedem para dormir com ele, que fica feliz em atendê-las.

"Não era algo sexual. Apenas dormíamos. Eu os ajeitava, colocava música e lia um livro. Nós nos metíamos debaixo da coberta, com a luz acesa e eu lhes dava leite quente com biscoitos", conta. "Era realmente encantador e doce. Todo mundo deveria fazer isso", acrescenta. "Por que não dividir sua cama? É a coisa mais afetuosa que existe. É maravilhoso. Que mal que há nisso?", concluiu.

Leite com biscoito? Então tá.

As informações são da AFP

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos