Corinthiano se acorrenta a árvore contra diretor, mas chuva interrompe o protesto

Da Redação
Em São Paulo

Um "corinthiano roxo" resolveu fazer um protesto maluco contra o vice-presidente de futebol do clube, Antônio Roque Citadini. Roberto Nunes, 26, conhecido como "Gordo", se acorrentou a uma árvore em frente à sede do Corinthians, o Parque São Jorge, e prometeu só sair dali quando Citadini fosse demitido.

O rapaz iniciou o protesto por volta das 13h30 da última quinta-feira, prometendo uma grande maratona. No entanto, à noite, quando começou a chover, antes do protesto completar 8 horas, Gordo acabou desistindo.

A atitude do torcedor arrancou risos dos jogadores e integrantes comissão técnica. Nos treinos desta sexta, toda vez que o episódio era mencionado, o grupo se divertia.

As informações são do Pelé.Net

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos