Impotência sexual não será motivo de divórcio para "garotas enganadas" em Colima

Da Redação
Em São Paulo

Em Colima, no México, as mulheres podiam pedir divórcio quando descobriam que o marido era impotente. São as chamadas "garotas enganadas".

Acontece que a grande maioria das "garotas enganadas" eram décadas mais novas que seus maridos - que por sua vez eram milhões mais ricos que suas mulheres.

Isso fez os deputados locais ficarem em dúvida sobre quem "enganava" quem. E as leis mudaram.

"Há muitas mocinhas que se casam com velhinhos e quando botam as mãos nos bens que eles possuem, já não lhes interessa suportá-los e pedem divórcio por impotência", afirmou o deputado Roberto Chapula.

A partir desta semana a impotência sexual continuará sendo motivo de divórcio... "exceto em idade avançada ou velhice".

Fonte: AFP

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos