Funcionária de creche é condenada por morder menino com "fins pedagógicos"

Da Redação
Em São Paulo

Um tribunal de Skoevde (Suécia) condenou uma funcionária de uma creche porque ela mordeu um menino de 2 anos. A educadora terá de pagar 12.000 coroas suecas (cerca de R$ 4.500) ao aluno por maus tratos.

No dia 11 de outubro de 2002, o menino, após morder alguns colegas, resolveu fazer o mesmo com a professora. A tal educadora "inovou" na lição e mordeu o aluno no braço para ensiná-lo a não fazer mais isso.

Não deu certo. Três dias depois, o "mordedorzinho" atacou um outro coleguinha com uma mordida no rosto. A educadora deu mais uma mordida no menininho... E essa foi a gota d'água. Tomou o processo, vai ter que pagar multa e ainda teve que pedir demissão.

Fonte: AFP

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos