Representante da Ilha dos Marinheiros salienta a responsabilidade de ser miss

Do UOL Tabloide
Em São Paulo

A coroa de miss não tem só glamour: tem também o peso da responsabilidade. É o que diz Débora Secchi, a Miss Mundo Ilha dos Marinheiros: "(ser miss) traz muitas responsabilidades, como bem representar, não só a mulher brasileira, mas o povo brasileiro".

Editor do UOL Tabloide - Pergunta básica: em que cidade (e Estado) nasceu? Ah! E para que time de futebol você torce?
Miss Mundo Ilha dos Marinheiros -
Nasci em Chapecó (SC). Vivo há oito anos em Pelotas (RS). Represento a Ilha dos Marinheiros, que faz parte do município de Rio Grande, que fica a 62 quilômetros de Pelotas. Torço para o Brasil de Pelotas.

Editor do UOL Tabloide - O que gostaria de fazer se for eleita Miss Mundo Brasil?
Miss Mundo Ilha dos Marinheiros -
Gostaria de continuar o trabalho realizado pela Miss Mundo Brasil 2008 em prol da preservação ambiental, porque acredito que esse é um trabalho extremamente importante. E, se possível, trabalhar por outras causas sociais. O título de Miss Mundo Brasil confere muita visibilidade à eleita, e isso pode (e deve) ser usado para apoiar causas sociais diversas. Penso que, com essa visibilidade, a Miss Mundo Brasil consegue atrair a atenção da sociedade para os problemas sociais, de forma mais eficaz. E, por fim, me empenharia muito para trazer o título de Miss Mundo 2009 para o Brasil.

Editor do UOL Tabloide - Por que quer ser eleita Miss Mundo Brasil?
Miss Mundo Ilha dos Marinheiros -
Sempre gostei e acompanhei concursos de beleza, o que foi despertando em mim a vontade de participar. Acho que ser miss traz muitas coisas boas, como a oportunidade de viajar, de conhecer lugares e pessoas. Traz também muita experiência de vida e novos conhecimentos, além de oportunidades profissionais. Mas acredito que também traz muitas responsabilidades, como bem representar, não só a mulher brasileira, mas o povo brasileiro. Além, é claro, da possibilidade de trabalhar em prol de causas importantes. O trabalho social que a miss realiza também sempre me chamou a atenção e sempre foi algo que quis fazer. Penso que como miss, como disse, seria mais fácil chamar a atenção dos governantes e da sociedade em geral para os problemas enfrentados pelo país.

Editor do UOL Tabloide - Fale um pouco de você: suas principais qualidades e defeitos.
Miss Mundo Ilha dos Marinheiros -
As qualidades são a determinação, a perseverança, o otimismo, a honestidade, a gentileza, a educação e o bom humor.
Defeitos... Eu diria que às vezes sou muito crítica comigo mesma. Por vezes muito sonhadora e otimista demais. Acho que é bom ser otimista, mas às vezes sou em excesso. (risos)

Editor do UOL Tabloide - O que é mais importante para se interessar por um homem: a beleza, a inteligência, a simpatia ou o bom humor? E por quê?
Miss Mundo Ilha dos Marinheiros -
Acho que o que importa é o conjunto, e este deve incluir pelo menos um pouco de todas essas qualidades. Não adianta ser bonito, mas não saber conversar e ser mal-humorado. Além do mais, penso que uma pessoa simpática e inteligente acaba ficando mais bonita à medida em que se vai conhecendo-a. Já uma pessoa bonita pode ficar feia se não for educada, nem gentil, nem tiver um bom senso de humor.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos