UOL Tabloide em Nassau: os jejuns do Miss Universo

Pedro Cirne Do UOL Tabloide Enviado especial a Nassau (Bahamas)

Toda competição de porte tem seus jejuns e suas "primeiras vezes". Por exemplo: qual foi o primeiro país a receber duas edições dos Jogos Olímpicos? E qual foi o primeiro bicampeão mundial de futebol? Etc.

O Miss Universo, outra grande competição, também tem seus jejuns... E alguns deles podem cair hoje...

- Nunca um país foi bicampeão: que peso para a venezuelana Stefanía Fernández, hein?

- Uma anfitriã não é eleita Miss Universo desde 2001, quando Denise Quiñones manteve a coroa na sede Porto Rico. Fora ela, quatro norte-americanas conseguiram o feito (as primeiras 20 edições foram realizadas todas nos Estados Unidos).

- A panamenha Diana Broce já venceu o título de mais belo traje típico deste ano, mas isso não quer dizer muita coisa. Nas 57 edições anteriores, em apenas três uma miss venceu nessa categoria e ainda levou o Miss Universo: a tailandesa Porntip Nakhirunkanok (1988), a trinitina Wendy Fitzwilliam (1998) e a dominicana Amelia Vega (2003).

- Nunca (!) uma Miss Simpatia foi eleita Miss Universo. A mais bem colocada foi a salvadorenha Maribel Arrieta, segundo lugar em 1955.

- Há três edições a Miss Fotogenia é das Filipinas: Gionna Cabrera (2005), Lia Andrea Ramos (2006) e Anna Theresa Licaros (2007). O prêmio não foi concedido em 2008, então Bianca Manalo luta pelo tetracampeonato, o que igualaria a marca conquistada pelas representantes de Porto Rico de 2001 a 2004.

- O Brasil não vence o Miss Universo desde 1968, quando Martha Vasconcelos foi eleita! Opinião do Editor do UOL Tabloide: absurdo!

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos