Desfile de trajes típicos tem muitos chifres e chapéus desproporcionais

Pedro Cirne
Do UOL Tabloide

Em Las Vegas (EUA)

  • Patrick Prather/Organización Miss Universo/EFE

    Débora Lyra, a Miss Brasil, desfila seu traje típico durante o Miss Universo, clique e veja fotos

    Débora Lyra, a Miss Brasil, desfila seu traje típico durante o Miss Universo, clique e veja fotos

As 83 candidatas à coroa de Miss Universo 2010 apresentaram na noite de ontem (16), aqui em Las Vegas (EUA), seus trajes típicos - um dos prêmios paralelos mais tradicionais do concurso. O desfile, que normalmente é muito colorido, com as fantasias emulando as bandeiras nacionais, foi marcado por duas curiosidades: muitos chifres e chapéus desproporcionais.

A apresentação foi realizada no lounge de um sushi-bar no meio do Mandalay, hotel e cassino que recebe o Miss Universo, em apenas 33 minutos. A pequena, mas barulhenta plateia ao redor, ovacionou quatro candidatas: Colômbia, Filipinas, Panamá e a anfitriã, Estados Unidos.

As beldades apresentaram-se em ordem alfabética pelo nome do país em inglês. As duas primeiras fantasias eram algo contrastantes: a Miss Albânia entrou com "asas" e foi seguida pela Miss Angola, com "chifres" (sua fantasia homenageava a palanca, um mamífero que parece o antílope e é o animal-símbolo angolano).

E a Miss Angola não foi a única a desfilar ornando chifres. O mais imponente de todos os cornos foi o da Miss Tailândia. Além dela, também entraram chifrudas no palco a Miss França (cujo chifre era uma minitorre Eiffel, veja que original) e Miss República Dominicana, que portava não só dois belos chifres, mas também um vistoso chicote. Além da dominicana, duas outras beldades estavam "armadas": a italiana e a suíça, ambas com "espadas" - felizmente, falsas.

Outra "tendência" foram os chapéus desproporcionais. O da Miss México era tão grande e pesado que ela teve que usar uma das mãos para mantê-lo equilibrado na cabeça enquanto desfilava.

  • Organização do Miss Universo/EFE

    Misses Kosovo, França e República Dominicana exibem seus grandes e exóticos trajes típicos

O chapéu da Miss Cazaquistão parecia um leque gigantesco que emulava as bandeiras de dezenas de países, inclusive de alguns que não participam do Miss Universo, como Portugal. O redondo chapéu da Miss Peru parecia uma grande e pesada caixa. E o da Miss Tanzânia era tão incrementado que cobria seu olho esquerdo.

A apresentação da Miss Brasil rendeu um comentário curioso do apresentador: "o Brasil, como vocês sabem, é um país sul-americano". Ele disse isso após comentar que a fantasia brasileira homenageava a mitologia africana.

O nome da vencedora do curso de trajes típicos será anunciado na quinta-feira (19), durante a noite de apresentação - quando as 83 candidatas apresentam-se a um corpo de jurados que definirá as 15 semifinalistas.

LangDetecten>pt YahooC
Kosovo

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos