Homem esquece um Picasso no metrô de Nova York e depois o recupera

Da Redação Em São Paulo

Da série "ele não esquece a cabeça porque está grudada".

William Bailey, de 63 anos, esqueceu no metrô de Nova York um desenho de Picasso e uma pintura da neta de Matisse. Para sua felicidade, uma alma caridosa achou as obras e as devolveu para Bailey - o que lhe valeu uma gratificação de US$ 1.000.

"É estupendo. Nova York é maravilhosa. Esta é a melhor história de Nova York que se pode contar", disse um aliviado Bailey, que havia esquecido na estação uma maleta com as obras dentro.

Um livreiro que tem uma loja em frente à estação contou que recebeu a valise das mãos de dois mendigos e que depois de encontrar um número de telefone nela, entrou em contato com o proprietário. Sorte de Bailey, "o esquecido".

Fonte: AFP

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos