Chinês mata panda e pega 14 anos de cadeia

Da Redação Em Sâo Paulo

Um agricultor chinês certamente não esperava o tamanho da encrenca em que iria se meter quando teve a infeliz idéia de matar um urso panda e vender sua pele. Ele foi condenado a nada menos de 14 anos de cadeia.

A pele do fofo urso, animal em extinção que só existe nas florestas de bambu da China, foi vendida por R$ 80 a um primeiro comprador, que por sua vez a vendeu a outro por dez vezes aquele valor - R$ 790, aproximadamente.

O segundo comprador foi pego pela polícia em novembro de 2002 quando tentava fazer negócio com a venda da pele do panda por um preço ainda mais elevado. Esses atravessadores também foram pegos e condenados a 12 anos de cana.

O editor do UOL Tablóide, sujeito macho para xuxu, acha o panda um bicho muito fofo.

Fonte: Folha Online

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos